top of page

Hipótese Nula - #0 Introdução ao Hipótese Nula



O que é que Jerry Seinfeld e Ângelo César (mais conhecido como Boss AC) têm em comum? Ambos acham que só precisamos de 5 minutos. Para o Seinfeld, 5 minutos é tudo o que público nos dá para o conquistarmos com o nosso bit. Para o AC…bom, 5 minutos dá para tudo. Portanto, neste trecho vamos tentar explicar em 5 minutos para o que vimos. Só prometemos...falhar.


Olá e bem-vindos ao Hipótese Nuuula. Pronuncia-se assim, um rápido “hipótese” e um longo “nuuula”. O podcast (por enquanto) mensal que divulgará e analisará criticamente a literatura médica mais recente, sempre do ponto de vista de uma mente generalista e sobretudo dirigida a uma prática hospitalista.


O meu nome é Bernardo, e tenho o prazer de estar acompanhado dos meus amigos Mariana Barosa e Pedro Caiado Ferreira, que se juntarão a mim como co-anfitriões nesta emocionante jornada.


São amigos em espírito e em profissão – a medicina interna – e também pertencentes ao grupo informal a que chamámos de esfoameados. Escrevemos um artigo sobre a FOAM (Free-open access medical education) publicado na AMP em 2020 e criámos o blogue esfoameados.pt.


Penso que posso falar por eles dizendo que temos uma atracção pelo rigor da medicina baseada na prova (ou na evidência usando a tradução directa do inglês) e pela importância de conhecer e saber ler e usar a literatura médica, não sendo indiferentes às suas críticas habituais, sobretudo o seu potencial para entrincheiramento académico distante de quem mais importa, o doente. Ou seja, a análise crítica e contextual é fundamental.


A palavra crítica soa…”crítica” no nosso universo lusitano-latino. Mas criticar não tem de ser sinónimo de blasfemar, ou como se diz em tuguês “entrar de carrinho”. O que pretendemos mesmo é analisar e dissecar. Buscaremos a imparcialidade, mas não escondemos potencial para implacável parcialidade sempre que possível.


Todos os meses, segredar-te-emos ao ouvido os últimos desenvolvimentos e controvérsias no mundo da medicina, enquanto analisamos e discutimos as publicações mais recentes nas principais revistas médicas. Nosso objetivo é fornecer um resumo claro e conciso dos artigos mais recentes ou até não tão recentes mas interessantes, destacando a trindade dos pontos fortes, limitações da pesquisa e reais implicações para a prática clínica.


Nunca é demais relembrar que isto é uma produção independente e sem ligações a indústria ou outro tipo de promoções médicas, e tudo o que dizermos pode sempre ser rebatido (e acho que falo por todos dizendo que ficamos contentes com isso).

Por último, falamos apenas por nós e não por toda a comunidade médica ou por qualquer um dos nossos hospitais ou serviços.


Sigam e atentem!

16 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2 Post
bottom of page