DECLARAÇÃO DE INTENÇÕES


“ O uso consciente, explícito e criterioso da melhor e mais actual prova científica na tomada de decisões sobre o cuidado individual de cada doente. “ - adaptado de David Sacket


O mundo científico atravessa uma tempestade de informação. O número de publicações cresce a um nível exponencial, ao passo que o fosso entre a publicação verdadeira, fidedigna e relevante e a restante publicação é cada vez maior.


Além da tormenta dos ventos da descoberta, acresce-se o navegar lento e arrastado dos resultados desafiadores-de-prática que realmente importam rumo à cabeceira do doente: estima-se que demore mais de 10 anos até que a ciência clinicamente relevante se traduza em mudanças na prática clínica.


Por tudo isto e muito mais, o trabalho do médico centrado no melhor cuidado do seu doente é uma tarefa exigente.


___


Apresentando-nos: somos três médicos hospitalistas com um grande e vasto interesse generalista, e com uma queda para as grandes questões da ciência e da vida.


Não só porque gostamos mas também porque necessitamos, fazemos um esforço para destrinçar o trigo do joio e mantermo-nos relativamente actualizados.


Sabemos bem o quão difícil é este esforço, para o qual nos apoiamos mutuamente e obtemos a ajuda crucial do universo FOAMed nas suas várias frentes como blogues, medtwitter e podcasts.


Desse modo, tentaremos partilhar contigo a recente publicação científica que considerámos digna de poder contribuir para um olhar mais profundo e atento sobre um determinado assunto.


Tentaremos divulgar mensalmente a lista dos artigos desse mês.


Que não nos faltem olhos para atentar e batas para sujar!


" Quem não lê, é como quem não vê " - Samuel Úria in Desliga a TV

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo